jusbrasil.com.br
22 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região TRT-3 - RECURSO ORDINARIO TRABALHISTA: RO 0011505-29.2017.5.03.0019 MG 0011505-29.2017.5.03.0019

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
Setima Turma
Publicação
06/04/2020.
Julgamento
27 de Março de 2020
Relator
Marco Tulio Machado Santos
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

JUSTA CAUSA. CRITÉRIOS DE AFERIÇÃO.

É certo que, para a aplicação da justa causa, que é a mais grave das penalidades impostas pelo empregador, ao empregado, torna-se imperioso que se faça um exame detido da suposta falta cometida, inclusive circunstancial, em função da vida pregressa do empregado. Quanto ao ato de improbidade, contudo, a conduta é grave a tal ponto que o cometimento de uma única falta pode ensejar o imediato rompimento do liame.
Disponível em: https://trt-3.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1110589752/recurso-ordinario-trabalhista-ro-115052920175030019-mg-0011505-2920175030019

Informações relacionadas

Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região
Jurisprudênciahá 2 anos

Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região TRT-3 - RECURSO ORDINARIO TRABALHISTA: RO 0011505-29.2017.5.03.0019 0011505-29.2017.5.03.0019