jusbrasil.com.br
25 de Junho de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região TRT-3 - RECURSO ORDINARIO TRABALHISTA: RO 0010876-85.2019.5.03.0148 MG 0010876-85.2019.5.03.0148

Detalhes da Jurisprudência

Órgão Julgador

Decima Turma

Publicação

15/06/2020. DEJT/TRT3/Cad.Jud. Página 2619. Boletim: Não.

Julgamento

11 de Junho de 2020

Relator

Taisa Maria M. de Lima
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

NEGLIGÊNCIA INSTITUCIONAL COM A SEGURANÇA NO TRABALHO. ACIDENTE FATAL. DEVER DE INDENIZAR.

Comprovado que a empresa negligenciava de forma sistemática as regras de segurança no trabalho, deixando de treinar o empregado e fornecer equipamento de proteção, mesmo em atividade de maior risco, como o trabalho em altura, a ocorrência de acidente fatal decorreu claramente de sua culpa, o que lhe impõe o dever de indenizar pelos danos causados aos membros da família.
Disponível em: https://trt-3.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1110731166/recurso-ordinario-trabalhista-ro-108768520195030148-mg-0010876-8520195030148

Informações relacionadas

Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região TRT-23: 0000962-36.2017.5.23.0107 MT

Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região
Jurisprudênciahá 5 anos

Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região TRT-16: 0016822-41.2013.5.16.0001 0016822-41.2013.5.16.0001

Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região
Jurisprudênciahá 4 anos

Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região TRT-1 - RECURSO ORDINÁRIO: RO 00109568420155010038 RJ